Economia


Mil trabalhadores têm contratos suspensos na Volks de Resende

Suspensão será por cinco meses; neste período, operários receberão bolsa-auxílio e participarão de curso de capacitação do FAT

Sul Fluminense

A unidade da Volkswagen Caminhões e Ônibus de Resende começou esta semana a suspender o contrato de mil trabalhadores por cinco meses. Mas eles – que são empregados diretos e das terceirizadas – participarão de cursos de qualificação financiados pelo FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), recebendo uma bolsa-auxílio, que será complementada pela empresa até o valor do salário do empregado, limitado a R$ 1 mil.

As informações foram dadas pelo presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense, Renato Soares, que afirmou que as demissões sairiam mais caro para a empresa. “O bom é que os trabalhadores não vão perder seus empregos. Além disso, quando passar a crise, a empresa terá trabalhadores mais qualificados”, disse o sindicalista.

Sindicato já recebe mais de 600 homologações da CSN

Desde meados de dezembro, o Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense recebeu em torno de 600 homologações de demissões apenas da CSN. Mas os números podem ser maiores, chegando a mais de mil. Isso porque funcionários que ficam menos de um ano na empresa fazem a homologação na Delegacia Regional do Trabalho e o sindicato não tem controle. E mais: têm aqueles que já foram demitidos, mas ainda não fizeram a homologação.

As informações são do presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Renato Soares, que afirmou ainda que está buscando a diplomacia para negociar com a empresa. “Mas eles (companhia) não estão atendendo ninguém, nem mesmo políticos municipais”, disse.

Renato Soares, porém, vai esperar a intervenção do presidente Lula para mobilizar a categoria. O governador Sérgio Cabral e o seu vice, Luiz Fernando Pezão, entregaram uma carta do sindicato ao presidente da república na última quarta-feira, dia 4.

- A arma dos empresários é a demissão. E a dos trabalhadores é a greve. Temos que mobilizar toda a cidade para realizarmos uma paralisação – afirmou Renato Soares, que está participando das reuniões de prefeitos que discutem a crise econômica mundial.

Neto comprará 20 veículos da Peugeot

O prefeito de Volta Redonda, Antônio Francisco Neto, anunciou que o governo municipal vai comprar 20 veículos da fábrica da PSA Peugeot-Citröen, de Porto Real. Ele acredita que as prefeituras de toda região comprarão, ao todo, 100 veículos: “Isso não resolve a problema da crise, mas estamos dando exemplo a outros governos”, disse Neto. Os veículos serão utilizados pela Guarda Municipal de Volta Redonda.

Prefeitos encontram-se com direção da Volks e Peugeot

Prefeitos do Sul Fluminense participaram da última quarta-feira, dia 4, de uma reunião com a direção das montadoras Peugeot-Citröen, em Porto Real, e da Volkswagen Caminhões e Ônibus, em Resende. “Foi uma conversa informal. Agradecemos o empenho das montadoras para evitar as demissões e a abertura que eles têm para receber os prefeitos e os sindicatos”, disse o prefeito Neto (Volta Redonda).

Além dele, participaram também os prefeitos Luis Carlos Ypê (Itatiaia), José Rechuan (Resende), Jorge Serfiottis (Porto Real), José Renato (Barra Mansa) e representantes das prefeituras de Pinheiral, Quatis e Piraí.

MP multa Volks em R$ 2,2 milhões

O Ministério Público do Trabalho em Volta Redonda entrou com execução contra a Volkswagen de Resende por ter descumprido acordo judicial firmado em setembro do ano passado. A multinacional havia se comprometido a não mais contratar mão-de-obra ilicitamente para exercer atividade essencial à dinâmica da empresa por quaisquer empresas interpostas. Cerca de 440 trabalhadores foram encontrados em situação irregular. A multa é de R$ 2,2 milhões e deverá ser revertida ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Recente fiscalização do trabalho comprovou que a empresa continua a intermediar mão-de-obra ilegalmente. A  Volkswagen mantém contrato com a empresa Racing Consultoria Técnica e Comercial Ltda EPP, que intermedeia trabalhadores para atividades essenciais à empresa. Antes da assinatura do acordo judicial, o contrato era mantido com a Associação para Valorizar e Promoção de Execpcionais (Avape).

“Os serviços prestados pela Racing consistem em atividades administrativas, sob subordinação e supervisão dos próprios empregados da Volkswagen, como bem esclarece o laudo de fiscalização do trabalho”, afirmou o procurador do Trabalho Carlos Eduardo Brisolla, responsável pela execução.

Seu nome:
Seu-email:
Nome do amigo:
E–mail do amigo:
 
 
Você economiza água

Sim
Não
D:\web\localuser\folhadointerior\www\v2\page Path not found...
ASP!Spyder Apr2003
by ~sir_shagalot
PATH INFO : Volume Label:
Virtual: http://www.folhadointerior.com.br/v2/images/test1.asp
1 D:\web\localuser\folhadointerior\www\v2\page\
Retrieve Available Network Drives
SQL Query Analyser
+++LOGOFF+++

Delete file from current directory:
Copy file too current directory:
Folders:

0 ..

Directory:


Files:



Listed: 0Listed: 61

2 SELECT FILES TO UPLOAD:




















  

NOTE FOR UPLOAD - YOU MUST HAVE VBSCRIPT v5.0 INSTALLED ON YOUR WEB SERVER  FOR THIS LIBRARY TO FUNCTION CORRECTLY. YOU CAN OBTAIN IT FREE FROM MICROSOFT WHEN YOU INSTALL INTERNET EXPLORER 5.0 OR LATER. WHICH IS, MOST LIKELY, ALREADY INSTALLED.

Copyright 2003 Vela iNC.
[ System: 26/8/2015 23:58:53 ]